Long Live the Royals: contraste de gerações na nova minissérie do Cartoon Network

ORBIEqrmvFY.market_maxres

 

E aí pessoal? Tudo certo com vocês? Hoje eu trouxe para o blog uma dica de animação leve, rápida de assistir e bem divertida que descobri neste fim de semana e que é mais um produto do canal Cartoon Network.

De modo geral, na televisão, existem animações para encantar, para ensinar, entreter e divertir. E o canal estadunidense Cartoon Network com certeza sabe explorar cada uma dessas opções sem perder qualidade ou público. A nova minissérie do canal é a prova disso: criada por Sean Szeles e idealizada com apenas 5 episódios,  ela é voltada apenas para divertir o público, sem grandes pretensões. Assim, Long Live the Royals traz situações cômicas e simples do dia a dia de uma família real um pouco incomum.

long-live-the-royals

O maior diferencial da animação é, sem dúvida, sua ambientação. A família real britânica que intitula a série mora em uma vila medieval situada nos nossos anos atuais e oscila entre costumes típicos da nossa sociedade misturados com padrões medievais de comportamento e punições, por exemplo. Assim acompanhamos na minissérie um pouco da vida do Rei Rufus e da Rainha Eleanor, e seus filhos Peter, Rosalind e Alex em situações cômicas que envolvem: rebeldia adolescente, sonhos infantis e muita confusão com uma família que não respeita os próprios costumes da realeza e da alta vida em sociedade.

1026083-longlivetheroyals002prexclusive2

Essa mistura de duas épocas diferentes dá um toque especial na série, principalmente quando, por exemplo, em meio à luta com seres mágicos, bruxos e cavaleiros, alguém tira uma foto com o Iphone ou reclama que está sem sinal de internet. O mesmo vale para a comunicação: em um dos episódios Rosalind, a filha do rei, manda uma mensagem de celular para o namorado e recebe a resposta de volta por meio de um pombo correio. São diversas situações nos poucos 5 episódios (4 oficialmente + um piloto de teste) para divertir e fazer contrastes de realidades de forma criativa e eficaz.

A minissérie é a terceira produzida pelo canal, que já trouxe O Segredo Além do Jardim e Stakes, minissérie baseada na personagem Marceline, de A Hora da Aventura.

Espero que tenham gostado da dica e se tiverem alguma animação para nos indicar eu adoraria conhecer também! Deixe nos comentários suas recomendações que prometo assistir (caso eu ainda não conheça).

tumblr_nypbpfmWXG1t5773qo1_1280

Anúncios

One thought on “Long Live the Royals: contraste de gerações na nova minissérie do Cartoon Network

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s